Publicado em 03.05.2022

1. Os passageiros que entram ou transitam pela Itália devem ter:
– um teste de antígeno COVID-19 negativo feito no máximo 48 horas antes da chegada; ou
– um teste de LÂMPADA COVID-19 negativa, NAAT, PCR, RNA, RT-PCR ou TMA feito no máximo 72 horas antes da chegada; ou
– um certificado de recuperação COVID-19 emitido no máximo 180 dias antes da chegada; ou
– um certificado de vacinação COVID-19 mostrando que foram totalmente vacinados pelo menos 14 dias e no máximo 270 dias antes da chegada; ou
– um certificado de vacinação COVID-19 mostrando que eles foram totalmente vacinados e receberam uma dose de reforço.
As vacinas aceitas são: AstraZeneca (SK Bioscience), AstraZeneca (Vaxzevria), Covishield, Janssen, Moderna, Nuvaxovid (Novavax) e Pfizer-BioNTech (Comirnaty).
Todos os documentos devem ser em inglês, francês, italiano ou espanhol.
– Isso não se aplica a:
– pessoal militar;
– passageiros menores de 6 anos;
– passageiros que chegam de San Marino ou Cidade do Vaticano (Santa Sé);
– passageiros que iniciaram sua viagem na Ucrânia;
– mais isenções podem ser encontradas em https://tinyurl.com/2wxhvfbv .

2. Os passageiros podem estar sujeitos ao auto-isolamento por 5 dias. Mais detalhes podem ser encontrados em https://infocovid.viaggiaresicuri.it/index_en.html .
– Isso não se aplica aos passageiros com:
– um teste de antígeno COVID-19 negativo feito no máximo 48 horas antes da chegada; ou
– um teste de LÂMPADA COVID-19 negativa, NAAT, PCR, RNA, RT-PCR ou TMA feito no máximo 72 horas antes da chegada; ou
– um certificado de recuperação COVID-19 emitido no máximo 180 dias antes da chegada; ou
– um certificado de vacinação COVID-19 mostrando que foram totalmente vacinados pelo menos 14 dias e no máximo 270 dias antes da chegada; ou
– um certificado de vacinação COVID-19 mostrando que eles foram totalmente vacinados e receberam uma dose de reforço.
As vacinas aceitas são: AstraZeneca (SK Bioscience), AstraZeneca (Vaxzevria), Covishield, Janssen, Moderna, Nuvaxovid (Novavax) e Pfizer-BioNTech (Comirnaty).
Todos os documentos devem ser em inglês, francês, italiano ou espanhol.

3. Os passageiros podem estar sujeitos a um teste COVID-19 na chegada.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.