Publicado em 01.12.2021

1. Não é permitida a entrada de passageiros e tripulantes de companhias aéreas que nos últimos 14 dias tenham estado em Angola, Botswana, Eswatini, Lesoto, Namíbia ou África do Sul.

2. Os passageiros devem preencher um “Bilhete Eletrônico” em https://eticket.migracion.gob.do/ antes do embarque. Isso irá gerar um código QR que deve ser apresentado no momento da chegada.

3. Os passageiros e tripulantes que chegam de ou que estiveram na Espanha nos últimos 14 dias devem ter:
– um antígeno COVID-19 ou teste de PCR negativos obtidos no máximo 72 horas antes da chegada; ou
– um certificado de vacinação COVID-19 comprovando que foram totalmente vacinados pelo menos duas semanas antes da chegada.
– Não se aplica a passageiros menores de 7 anos.

4. Passageiros que chegam de ou que nos últimos 14 dias estiveram na Austrália, Brasil, Congo (Rep. Dem.), Índia, Indonésia, Irã, Iraque, Irlanda (Rep.), Kuwait, Mônaco, Senegal, São Vicente e Granadinas, Suécia, Síria, Tailândia, Tunísia ou Reino Unido devem ter:
– um teste de PCR COVID-19 negativo obtido no máximo 72 horas antes da chegada; ou
– um certificado de vacinação COVID-19 comprovando que foram totalmente vacinados pelo menos três semanas antes da chegada.
– Não se aplica a passageiros menores de 7 anos.

5. Os passageiros que chegam da Venezuela devem ter uma autorização obtida das autoridades de imigração antes da partida.

6. Os passageiros podem estar sujeitos a um teste COVID-19 na chegada.
– Isso não se aplica a:
– passageiros com antígeno COVID-19 ou teste PCR negativo, feito no máximo 72 horas antes da chegada; ou
– passageiros com certificado de vacinação COVID-19 comprovando que foram totalmente vacinados pelo menos três semanas antes da chegada.

7. Os passageiros e a tripulação da companhia aérea podem ser submetidos a exames médicos na chegada. Detalhes podem ser encontrados em www.godominicanrepublic.com/newsroom/coronavirus

8. Tripulação de linha aérea chegando da Austrália, Brasil, Congo (Rep. Dem.), Índia, Indonésia, Irã, Iraque, Irlanda (Rep.), Kuwait, Mônaco, Senegal, São Vicente e Granadinas, Suécia, Síria, Tailândia , Tunísia ou Reino Unido sem um teste de PCR COVID-19 negativo feito no máximo 72 horas antes da chegada ou um certificado de vacinação COVID-19 mostrando que foram totalmente vacinados pelo menos três semanas antes da chegada, estão sujeitos ao auto-isolamento até o próximo voo.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.